04 agosto 2016

A creche vale a pena? - A adaptação do Enzo

A creche é sempre um tema muito controverso. Se por um lado todos concordam que conviver com várias crianças é uma experiência benéfica para os miúdos, por outro existe o medo dos contágios, do sentimento de abandono, dos choros na hora de lá ficar, e todos esses dramas que nós pais sabemos que são duros.
Na minha casa foi sempre assim: eu defendia a entrada do Enzo desde cedo na creche, já o pai não era nada a favor. 
Optámos então por colocá-lo com 15 meses. 
O Enzo entrou em Março deste ano, e só temos coisas boas a dizer. Sim, temos! Porque o pai entretanto rendeu-se completamente.
Mas vamos ao começo ....
Ao princípio ele chorou, e chorou muito. Era um drama, uma dor de cabeça,um choro pegado, e um sentimento de culpa de todo o tamanho ter de lá deixá-lo. Ele não gostava, e nós estávamos desesperados . Durante cerca de 1 mês fizemos uma adaptação muito gradativa, em que o Enzo ia apenas 2 ou 3 horas de manhã , sendo que só ao fim de 1 semana começou a almoçar lá , e íamos buscá-lo logo. Hoje em dia ele adora lá estar, e é muito bem tratado, o que me deixa super tranquila. Noto, sem dúvida, que desenvolveu bastante: começou a andar, a dizer praticamente tudo, tornou-se muito mais independente, e ajudou também na aquisição de regras.
Se quiserem posso fazer um post à parte sobre os critérios a ter em conta na escolha da creche, pois garanto-vos que faz TODA a diferença escolherem o sítio certo.



Fotografias do primeiro dia de creche  😘

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sê bem-vindo/a :)