26 junho 2014

A universidade.

A universidade tem muito que se lhe diga. Podia estar aqui a escrever horas a fio, e não chegava para dar a entender o que realmente é a quem nunca lá esteve. Quando entrei, há três anos atrás, ia com as expectativas altíssimas! Vou fazer imensos amigos, vou conhecer gente gira, vou estudar, vou sair, vou viver os melhores anos da minha vida e blá blá blá. Tretas! Caso não sejam de grandes saídas ( tipo eu) as histórias que terão para contar serão poucas.Os momentos fantásticos que vivi contam-se pelos dedinhos de uma mão, mas as dores de cabeça são imensas. É as dores de cabeça, e o dinheiro que sai do bolso - tudo imenso! Os amigos sim, fiz amigos para a vida, e só por isso já valeu a pena.
Isto tudo para dizer que estou em época de exames, pois é. E podia ser muito lindo, podia matar-me a estudar, e chegar lá obter resultados brilhantes, mas às vezes isso não chega. Às vezes o professor faz toda a diferença, às vezes ele só quer ganhar o dele e não o quer fazer por mérito.

Se voltasses atrás não ias para a universidade? Secalhar não. Infelizmente hoje em dia um curso serve para pouco mais do que uma realização pessoal, e isso deixa-me triste. Temos docentes de merda ( salvo raras excepções, que as há!), temos um governo de merda, temos ofertas de merda, e temos um reconhecimento de merda. É isto.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Sê bem-vindo/a :)